Divine: Tens razão, quem tem paixão , escreve...

Tens razão, quem tem paixão , escreve a voz do coração.
Palavras soltas daqui e dali que aos poucos vamos juntando.
Torna-se maior maior do que tudo querer entender a razão ...
Ó é tão absurdo..
Ninguém muda o vento nem altera o seu caminho.
É como o próprio destino que não pode ser mudado.
Se paro para pensar... e se foi planeado..?
Se me pergunto porque...
Mas existiram respostas?
Coincidências não bastam para tentar explicar.
Talvez seja um, apenas mais um...
De tantos erros da minha imaginação
Coincidências não bastam...
Nem o tempo a pagou esta estranha sensação ...

Uma estranha obsessão um sentir " familiar"
E o meu erro é pensar que sou capaz de escrutinar

Inserida por Divine.