Carlucho Vitaliano: HELENA Acordei e não te senti ao meu...

HELENA

Acordei
e não te senti ao meu lado.
Tateei
o colchão, e nada.
Te chamei e um silêncio enlouquecedor
tomou conta do quarto.
Um nada inquebrantável
apossou-se de mim e a presença
do teu perfume se fez
ausente em minhas narinas.
Acendi a luz e não te vi.
E o resto de bagunça sobre
o lençol desarrumado
ainda cheirando a teu suor
me fez perceber
que havia partido.
Senti frio...

Inserida por odilabueno