Jaak Bosmans: Sem volta Em cada compasso Me seguiam...

Sem volta

Em cada compasso
Me seguiam teus passos,
Em valsas bailando em meus braços.
Seguia sem som em planos trocados.
De fundo um sol a se por
Notas que só os pássaros contêm
Em belezas de cintilos nas águas
Apenas com reflexos de nossos passos.
Presença de valsa,
Ausência de chão!
Apenas estrelas, lua ainda nova, e sonoro silêncio.
Assim nos perdemos em alturas, em delícias, sem palavras,
Carinhos e ternura.
Sem valsa.
Sem volta!
Jaak Bosmans 21-05-2008

Inserida por JaakBosmans