4.3 - 2008: O Mago e a Guitarra Seus acordes...

O Mago e a Guitarra

Seus acordes atravessam a alma do publico,
Com a magia sublime,
Que transforma em paz, a imensidão do som.

Ele não a penas a toca,
Ele a sente, conhece cada centímetro de seu corpo.

Existe a voz que atenua seus dedilhados,
Que ecoa nas paredes,
Transformando seus solos em aplausos.

Ele a conduz com delicadeza,
Mas dela extrai gemidos vorazes.

Ela fica ao seu lado, é menina moça.
Seus timbres são afago para quem os ouça.
Se entrega somente a ele, e assim se faz nossa.

Ele é seu companheiro,
De alma e de corpo inteiro.

Gritos, mistérios, dores e segredos...
Amores, saudades, solidão e medos...
Personificados pela mágica dos sons.

Pela união de dois corpos.
Nas cordas de uma guitarra,
E pelos dedos de um mago.

* * *
(Dedicado ao guitarrita Pedro de Farias)

Inserida por LihBass