Marcio Funghi de Salles Barbosa: TRAVA-LÍNGUAS Trava-língua é...

TRAVA-LÍNGUAS

Trava-língua é brincadeira, que a língua trava, numa bobeira, pois a mente faz gagueira e trava a língua. Que besteira!

Tratar o humano como recurso, é um recurso desumano, de uns manos sem discurso, que intimidam o humano, tratando-o como recurso, sem ter o seu concurso.

De tanta comilança, descansa; nem vê a pança e não dança, só quer sustança na pança.

Gerenciar rh, só faz intimidar, quem só quer colaborar. Certo é mudar e ao invés de rh, levar a pensar, como é bom trabalhar, para a firma prosperar.

O sabotar acontecerá, com o inseguro, que não desce do muro, exceto pra sabotar. Quem sabota o sabotador, mau sabotador será.

Cesteiro que faz um cesto, faz um sexto e vende os cestos: "Cesto, cesto, cesto! Olha os cestos!"

O sabotar forma-se na insegurança, e gera com sustância, crias a bastar. Surgindo o sabotar, há vigilância sem parar, sem ver que o sabotar, não irá parar, pois sabotador cria sabotador, pra provar da própria dor.

__________________________
drmarcio@drmarcioconsigo.com

Inserida por drmarcioconsigo