EULINA MONTEIRO DA SILVA: SAUDADES! SAUDADE QUE DOE E CORROE COMO...

SAUDADES!

SAUDADE QUE DOE E CORROE
COMO UM CORTE QUE SANGRA
AMARGURANDO MINHA ALMA
SENTINDO A TUA FALTA
EM TAMANHA DISTANCIA
COM UM NÓ NA GARGANTA
SUFOCANDO E ASFIXIANDO
EM DIAS DE TENÇÃO E TRISTEZA
BUSCANDO UMA PROTEÇÃO
TENTANDO SER FORTE
PARA NÃO MORRER
DE TANTA PAIXÃO.

Inserida por monteiroeulina