Ana Margarida Amorim: Inspira-me a ânsia louca da vontade...

Inspira-me a ânsia louca da vontade vivida,
intensamente ardente, corrente...pensei que
abarcava a vida, mas tropecei em caminhos errantes;
Está frio...aquece-me na saudade, amarra-me nos teus braços, enreda-me nos teus beijos...por vezes
sinto-me num labirinto...a saída encontrá-la-ei através de ti...não fujas da realidade, da constância...se sair não volto, se voltar não fico...que o brilho do teu olhar me leve por aí sem pensar.

Inserida por aamorim2008