Leonardo ítalo inácio (leo bala): Procurei no infinito encontrar uma...

Procurei no infinito encontrar uma estrela.
Sem ao menus olhar perto e ver que você já brilhava.
Andei léguas tentando achar o caminho.
Mal eu sabia que a saída estava aqui tão perto.
Blefei em tantas cartadas para tentar a vitória.
Mesmo estando com a cartada vitoriosa bem em minha manga.
Mais o destino é sábio.
Fez com que por um momento eu precisasse de repouso.
E fez com que você se tornasse abrigo.
Os dez minutos que desejei ficar a sós.
Tornaram-se horas em sua companhia.
Badaladas me avisariam a hora de partir.
Fizeram-me olhar os ponteiro e ver que na verdade era hora de ficar.
E todas as horas que se passaram, me ensinaram a regredir no tempo.
Deram-me mais uma chance para ser feliz.
E com este novo começo vi que todos os caminhos, atalhos e trilhas, me levariam a mesma direção.
Direção esta de uma estrela.
Estrela esta que não percebera, brilhava mais forte já bem lá no começo.
Estrela esta que batizei de vários nomes.
Todos sinônimos de você.

Inserida por leobala