Ve-k (Veronicka Meirelles): Caminho ao longe dos teus pesares... Já...

Caminho ao longe dos teus pesares... Já nem sei mais se rires ou se choras, se te recorda ou se tem lembranças vagas...
Meu pesar tem sido o que não esqueço, ó vasto é o seu cheiro que não se vai com o vento que passa sobre mim, e nem com novos perfumes ele se vai pra longe... Teus lábios quentes, e o azul recheado do mar que brilha nos teus olhos...
Ai de mim, que penso que não penso em ti, tendo que lembro-me todos os dias, visto que sou uma feliz, a ter tido tanto contigo que me faças lembra-te depois de tanto...
Ó meu amor nossos destinos foram tão rápidos de forma tão intensa, talvez amargo... sendo o fim doce, que importa que o começo amargo fosse? Não calculo tempo... Talvez eu calcule a dor, o amor, a felicidade, e não um relógio e nem uma distancia... Eu te direi palavras insensatas para que tu vejas o que penso ao nosso respeito, e mesmo que não olhes para trás, ou que olhes e não volte mais a lembrar de como foi bom, vc pense: e se...? E depois olhe pro lado, balance a cabeça, e volte à realidade, como eu...

Inserida por Ve-k