Ve-k (Veronicka Meirelles): O segredo maldito – Veronicka...

O segredo maldito – Veronicka Meirelles

Não falando pelos meus motivos, e nem pelos seus.
O mundo não para, pra consertarmos as coisas...
E nem nós paramos, quando se olha não vivemos o que tinha pra viver
E estamos velhos, sem mais ânimos pra recomeçar...
Isso não tem nada haver com vc, é um instante meu!
Pq eu paro e penso no que será, e não vejo nada de errado.
Paro e lembro, e não me arrependo de nada.
Minhas lagrimas já secaram por muito mais...
Quando um dia falei que rolariam ao contrario vc riu
E agora o deserto está ai, e vc não vê!

Teríamos que ajeitar algumas coisas, e nem saber quais
Às vezes os pontos fracos não são tão visíveis
Mas sei que dói, e vc chora ao me ver
E quando eu pensar em me abater por fraquezas, eu vou lembrar que você contou comigo desde o passado!
E sorrir pelo que fui...

E quando tudo tiver acabado, lembre-se das minhas palavras e deixe uma nostalgia te consumir até o fim
Ninguém descobriu seus olhos além de mim, então eu pergunto: como competir?
Sem sombra de duvidas vc procura agora uma resposta pra isso
E se a verdade vacilar, da mesma forma você não vai me tirar daí de dentro
Da solidão tive medo, dos temores aprendi a viver e não penso está perdida agora
Pois sei dos seus segredos, e nada pode me esconder pelos seus olhos
Espere viver assim por muito tempo, e você se frustrará até o mais profundo mar
Malditas palavras, se espalham e não voltam, e isso não vale mais que alguns trocados
Às vezes o silencio não é o melhor pra nós, escrevo o que ninguém enxerga em mim, pra ti.


Teríamos que ajeitar algumas coisas, e nem saber quais
Às vezes os pontos fracos não são tão visíveis
Mas sei que dói, e vc chora ao me ver
E quando eu pensar em me abater por fraquezas, eu vou lembrar que você contou comigo desde o passado!
E sorrir pelo que fui...

Inserida por Ve-k