Natália L.C. Bastos.: Incertezas desmedidas se apresentam....

Incertezas desmedidas se apresentam. Incógnitas, que não sei como decifrá-las.
Ao tocar na tua pele, sinto o teu corpo quente entrar em contato com o ardente sentimento dentro de mim.
Em minhas veias, corre uma paixão cada vez mais pulsante e intensa.
A cada segundo ao teu lado sinto-me mais dependente, e meus lábios implorando para encostar nos teus.
Colando nossos corpos e passando noites de carícias, suspiros e corpos ofegantes, vivemos uma louca ilusão.
Sonhos loucos, em loucos devaneios instantes de delírio, hora de frenesi.
Entoando quimeras de ritmos excitantes, para esconder uma saudade que não quero que saibas.
A ilusão de que um dia posso ser só sua.
A esperança de não ser só a dama da sua noite, e sim a mulher da sua vida.
Preciso gritar para o mundo que preciso te amar, que preciso da tua voz para me acalmar.
Preciso do teu toque aveludado na minha pele, um abraço confortante, na doçura sublime do desejo, beijando teu corpo em beijos desvairados, e sussurros soando no meu ouvido como uma doce e alucinante melodia.
Continuo vagando errante nos meus pensamentos, com a ânsia de querer-te mais e mais, mesmo sabendo que você está distante.

Inserida por Natichi