Luênia Guedes: Os Seres Ah o que realmente tem valor...

Os Seres

Ah o que realmente tem valor nessa vida.??

Hoje eu estava pensado sobre isso, na verdade estava um tanto revoltada, com essa aglomeração de Seres vazios que me rodeia… andróides omissos….

Esses Seres vazios que tentam incansavelmente se preencherem de apenas uma coisa, ego!

Acontece que esse vazio nunca será preenchido com companhias de corpos perfeitos, tampouco com o carro mais caro, a roupa de grife… nada disso adianta, tudo isso não passa de maquiagem, que esconde a tristeza do rosto, a tristeza mais triste que a dos Retirantes de Portinari, esconde a pobreza dos corações, a futilidade enraizada.

Tudo que o dinheiro compra se acaba, e no final o Ser se encontra vazio e sozinho…

É imensurável o valor de um afago, de um beijo, um abraço, o sorriso sincero de uma criança, e o que realmente importa nessa vida são as coisas que a gente acha que são simples, pequenas ou baratas demais, como: tocar violão sabendo apenas três acordes, cantar desafinado, dançar (mesmo sem ter estudado dança na Argentina), sair pra andar por aí, comer aquele dog no fim de noite com amigos, usar aquele seu tênis velhinho que é tão confortável…

Quando os Seres converterem sua visão para o lado de fora, verão quão grande o mundo é, e que existe um outro mundo… onde a felicidade estava tão perto, tão fácil, bem ali… e tudo parecia tão glamuroso e caro… mas não, sempre foi simples… mas por parecer simples demais, o Ser sempre a deixava passar!
by Luênia Guedes
http://luenialua.wordpress.com/

Inserida por luenialua