Zeca Preto: Eis-me aqui Carne dada aos vermes Sem...

Eis-me aqui
Carne dada aos vermes
Sem arrependimentos
Dormindo nos meus culposos desejos
Sonhando com carícias impróprias.

Inserida por zecapreto