Paula Câmara Ferreira: Não preciso de nada... Palavras doces...

Não preciso de nada...
Palavras doces não
são mais capazes de me convencer...
É fácil correr
Difícil é se esconder...
Sonhos são alucinantes...
Neles podem-se possuir diamantes...
São frases vazias que fogem de minha boca agora
Nada mais é como antes...
Vivo em um sonho alucinante e nele
bom...Não possuo diamantes...
Estranho nele eu posso ler seus pensamentos
E nesse momento sei o que está a pensar
...
“O que essa menina está tentando falar?”

Inserida por Paxazinha