Linda de Ceriz: Dizem que não existe destino, O destino...

Dizem que não existe destino,
O destino são os seres humanos que o fazem,
E Deus diz: - Eu sou misterioso e os meus desígnios são insondáveis, dei-te um destino, um mapa genético,e as tuas escolhas.

E dei-te duas estradas e inúmeros atalhos:

A estrada da lamentação,
aquela que podes percorrer sentindo-te uma vitima,
os seus atalhos são escuros e não te trazem esperança nem alegria interior,
Vais perder-te em labirintos e poderás perder as forças para o caminho,
esquecendo-te aquilo que é mais importante entenderes:
Estás vivo, e viver é uma aventura maravilhosa.

A outra estrada é a estrada em que tu te recusas a ser uma vitima das circunstâncias,
e também ela tem os seus atalhos, neles há luzinhas bruxuleantes que iluminam alguns metros de escuridão. Podes vaguear pelos atalhos como uma abelha que recolhe o néctar das flores, e com o mel que fabricarás, volta com serenidade à tua estrada.

Inserida por lindaceriz