CASSP: Teu Corpo Auto-estrada por onde deslizo...

Teu Corpo

Auto-estrada por onde deslizo
Sigo as setas sinuosas
Curvo curvas perigosas

Caminho desconhecido
Onde desbravo novas milhas
Aventuro-me no desconhecido

Escrita antiga
Onde decifro cada sinal
Onde procuro montar cada pedaço

Escrita sagrada
Esmiuço cada linha, parágrafo
Procuro por milagres

Poesia
Onde leio em braile
Onde releio cada milimetro

Doce
Sabor, energia
Prazer, satisfação

Inserida por clarissaf