Catarina dá mesquita: Eu quero alguém, que me tire a paz E o...

Eu quero alguém, que me tire a paz
E o sossego de corpo e alma
E com desejo
Quero alguem real
E não apenas que faça parte do meu poema
Quero alguem que também me fale as palavras certas
Quero compreensão
E não panos-quentes
Quero olhar quem me ama
E não ter juizo
Ter fome de prazer
Já esquecido
Com o coração na boca
Eu deixo-te louca (o)
No meio do nada tu apareceste
Olhaste-me e eu fiquei mudada (o)
De te ver
E quando tu caminhavas eu não tirava os olhos de ti
E me apaixonei por esse teu jeito de menino (a)
Por esse teu olhar
Meiguinho
Por essa tua ternura
Por essa pessoa linda
Tu olhavas-me e eu ainda te olho
E nada te digo
Fiquei muda (o) pra o mundo
Meu amigo (a)

Inserida por CM