Patrícia Pinheiro: Sou... Ser... Sou essência não...

Sou... Ser...
Sou essência não descoberta envolta em aparência,
Sou presença sentida na própria ausência...
Sou corpo presente,
Ser fragilizado que se sente!
Sou parte de um pensamento,
Sou escrava do meu próprio sentimento...
Sou tudo aquilo que me transcende,
Ser indefeso que se prende!
Sou luz no dia que não realça,
Sou escuridão na noite que nada alcança...
Sou parte insignificante,
Ser à deriva numa busca incessante!

Inserida por marisaqsilva