Gilson Rodrigo de Souza Silva: Noites de festas Risos e sorrisos Tempo...

Noites de festas
Risos e sorrisos
Tempo perdido, solidão

A vida cicatriza quase tudo
O coração nem sempre aceita
Mais o tempo faz

A lua não é bela como era
O olhar sem profundidade
Tudo passa bem devagar
Sem interesse eu cochilo
Nem sonho mais de tão vazio
Tento abrir meus olhos
E mesmo assim não vejo
Não sinto o gosto que tinha
Nem me lembro como me sentia

O vento parou no meu quarto
O teu retrato não me balança mais

Os dias são iguais
As noites desiguais
O palco esta lotado
E as arquibancadas vazias
Todos só querem aparecer

E enquanto tento me esconder
Deixo você ir embora
Não sei o aconteceu lá fora
Aqui dentro continuo comigo
Continuo sozinho.

Inserida por gilson-gg