Vanessa Rangel: 29 de agosto "Meus Medos" Algo...

29 de agosto
"Meus Medos"
Algo incomparável e insistente
que me atormenta completamente.
Tenho a impressão dele estar distante,
Abro os olhos! Me assusto com sua presença constante.

É tudo e ao mesmo tempo nada!
É doce e amargo.
Um companheiro que me faz solitária.
Que me entristesse e machuca
Tornando-se feridas profundas.

Me entrego! E isso me apavora!
Me corre! Me devora!
Sou pequena, mínima, insignificante,
neste espaço, este universo alucinante.
Em um momento de lucidez me sinto louca
Por você, por sua voz rouca.
asim me entristesso novamente,
e sei que de nada me adiantará,
o que me resta é aguardar,
este eterno momento, para que ele se torne sério e sereno.

E mesmo que você não me entenda,
isto é algo lindo! É meu amor verdadeiro!!!!

Inserida por vanrangel