Rodrigues Bomfim: PIRILAMPO (Rodrigues Bomfim) Vem...

PIRILAMPO
(Rodrigues Bomfim)

Vem Pirilampo!
Rogo-te que saí do campo e traga-me um abençoado encanto
Pois ando muito irritado e cansado com a rotina que levo
Ríspido com todos. Desejando a solidão. Sem ânimo pra viver
Vem Pirilampo assim em vôo lépido em minha acanhada direção
Faça-me situar no chão para eu ter força no coração
E total controle das emoções.

Vem Pirilampo!
Suplico-te que pouse em minha escancarada janela
Pisque sete vezes sua pujante luz fosforescente sobre meu espírito doente
E queime todos os meus sentimentos desagradáveis
Vem Pirilampo e ilumine este fraco espírito expurgando toda insegurança
Traga-me um pouco de sorte para que essa vida eu suporte
E não alcance tão cedo a morte

Vem Pirilampo!
E dardeje tua cintilante luz bem fundo na minha opaca alma
Um sereno bem estar pra fazer a minha mente brilhar para só pensar em coisas boas
Para a minha alma poder alcançar maturidade e brilhar com total vigor
Vem Pirilampo e pouse em meu frio ombro e tira-me dessa estranha letargia
Deposite em mim qualquer alegria e não deixe o meu espírito esfriar
Como se assim estivesse salgando no fundo de um frio escuro mar.

Inserida por RodriguesBomfim