Dani Z: Não me entenda, Que idéia essa de me...

Não me entenda,

Que idéia essa de me prender pra você, eu não sou tua, não sou de mim mesma, não sou de ninguém, aqui estou mas logo vou, saio e deixo minhas marcas, minha bagunça ficou na tua casa, teu tapete de lado fui eu que mexeu, teu espelho embassado, tua cortina entre aberta, tua torneira ligada, teus cd's revirados, minhas digitais nas tuas taças, teu corpo arranhado, tudo coisa minha. Sinto desejo em te deixar a sós com meus rastros, te deixando pensar, fazendo você refletir minha presença e sentir minha ausência, te quero, mas não posso ter você pra mim, não admito minhas necessidades... então chego me entrego, te tenho inteiro pra mim e depois fujo, quando sinto tua falta faço uma loucura qualquer pra me encontrar com você outra vez.
Não me faça acreditar no amor, não minta histórias bonitas, não me venha com uma vida perfeita, não gosto de nada que me tire os pés do chão, não me fascine com esse olhar que me desnuda inteira, e que faz eu me trair, não sorria pra mim, não queria afagar meus cabelos que é covardia, é jogo sujo. Não resisto a um carinho mais intenso, portanto sai de perto,,, não te quero aqui. Não invente de me fazer massagem quando eu estiver sensível, não queira me agradar e dançar juntinho, perco a noção quando estou do teu lado. Pare de ser interessante que eu não gosto de perder o controle da situação, não me venha com muitos agrados, nem diga tudo que gosto de ouvir... Me faça um favor por favor.... não faço tudo o que eu quero, não me leve sempre a sério, não me mime sempre que senão eu fico mal acostumada.
Me deixe na escada a tua espera, me de um bolo, e só volte depois de uma semana, invente uma desculpa qualquer. Eu vou ficar com vontade de te matar, mas vai apimentar ainda mais o que eu sinto por ti. Capriche nas desculpas que serão esfarrapadas mas aceitas, me entenda, me deixe confusa, perdida, aflita, me irrite as vezes, confunda minha cabeça, me jure o impossível, me prometa o que ainda não existe, me espere chorar, e ria de mim, ria comigo, peça pra eu fazer de novo, me dasafie outra vez, tente ser um exemplo quando eu precisar de apoio. Tenha crises de ciumes em público, brigue por mim, me surpreenda as vezes, me ajude mesmo sem eu pedir, e aceite minha opinião mesmo que ela não mude muito as coisas. Valorize o que eu faço e admire meu bom gosto, critique os poemas que leio, escute as minhas histórias de amores e dores, me faça crescer me ajude a amadurecer, não tente ser melhor, não diga que é meu, não te quero pra mim, só te quero comigo agora, nesse instante, por esses tempos, não aceito ser tua pra sempre e nem te quero pra vida toda, sou assim, se quiser tem meu resumo, aproveite que estou por aqui, daqui a pouco eu sumo...


Dani Z

Inserida por DaniZ