Alexandre oliveira: '' E hoje o sonho acaba, recomeça a...

'' E hoje o sonho acaba,
recomeça a esperança que vivveu falecida em vida no meu viver.
As lágrimas ecoam na turbulência
da alma entristecida.

Odia vai perdendo sua cor, seu encanto.
O sentimento se torna vazio,
e a música da vida vai perdendo sua melodia,
para escrever sua letra triste em lágrimas ao fundo da orquestra da dor.

O poema não tem vida, o poema é vazio sem sentimento.
Mas como escrever com sentimento,
quando se quer sentir o que não se pode mais?
Sentir o sentimento perdido...

E vai se esvaindo a ''alegria'' de ''cada'' dia,
em apenas uma NOITE,
com meras palavras miseráveis da alegria que foram um dia,
e ricas da dor que se deveras sentir agora

Quando a flor da poesia MURCHA...''

Inserida por Burberry