Bruno Lopes Maciel de Lima: Me mostre o seu absurdo, Deixe...

Me mostre o seu absurdo,
Deixe flocerecer a força que a leva ao impossivel.
Mostre-me toda aquela sua sensualidade,
naquela roupa sexy que tirou do seu armario para me impressionar. Quero cair no pecado de ter você toda pra mim. Quero provar gosto do gostoso jeito de nos Amarmos.
Na penunbra, do quarto, deitado na cama redonda, com seus lençois vermelhos.
Não me reconheço mais... Senti uma mudança em nossas personalidades, que nos personificaram em completos e meios, loucos.

Inserida por Brunoh