Gustave Le Bon: Totalmente indiferente ao destino, a...

Totalmente indiferente ao destino, a natureza só se ocupa do destino da esécie. Perante ela todos os seres são iguais. A existência do mais pernicioso micróbio é cercada de tantos cuidados quanto a dos maior gênio.

Inserida por RobertoMax