Fábio Wilhians: SONHOS E MEMORIAS Saudades e dores...

SONHOS E MEMORIAS

Saudades e dores igualmente intensos, dai conclui que precisamos mais de sonhos que memórias.
Por isso que não deixo de sonhar... por que minha vida é constituida dos mais vastos sonhos que as memórias me trazem. Sigo a risca meus sonhos, mas nunca sei por onde ir e justamente por não saber, que eu consigo encontrar o meu caminho.
Talvez eu tivesse alterado o percurso, se admitisse que o amor era sádico, em vez disso sustentei a hipotese que era nobre. O mais nobre de todos os sentimentos.
Sou capaz de gostar de tudo menos de sofrimento... mas faria tudo de novo se fosse preciso. E vivereia cena por cena de uma forma absoluta e intensa. Faço e faria tudo isso por mim e por você.
Sempre me surpreendo comigo mesmo isso é a unica coisa que me faz pensar que ainda vale apena viver. Parte do que sou devo as minhas ilusões, momentos de exctase, pelas lembranças de tudo que senti e desejei um dia.
E assim o AMOR me fez definir a beleza de uma forma mais concreta e me permite torná-la real na sua figura humana.

Inserida por Fabius