Rafiavel: Não pretendo a uma posição de...

Não pretendo a uma posição de destaque

O meu intento é a destacar as pessoas

Somos sumariamente anjos, demônios e nós

Lançamo-nos as ruas e o que vemos

São uns aos outros desconfiados

Com intentos vagos

Também assim eu seria se não o fosse

Pela curiosidade, e inteligência para decifrar

Esta miserável vida sem bases

Não tenho bases, não tenho família

Não tenho ninguém, e não ter ninguém

Mais me aborrece, mas só às vezes

Pois prefiro esta condição de não ter ninguém

A de ter o malogro de alguém ao lado

Querendo assentar intentos seus insustentáveis.

Inserida por Rafiavel2