C. Porta: As palavras de uma língua, caro senhor...

As palavras de uma língua, caro senhor Gorelli, / são uma paleta de cores, / que tanto podem fazer o quadro feio, como podem fazê-lo belo, / segundo a mestria do pintor.

Inserida por agf