Rafaella Longo: Um dia você aprende.. que p. errar é...

Um dia você aprende..
que p. errar é preciso [u]arriscar[/u] pelo menos;
que o medo, só nos atrapalha,
e que o amor é a coisa mais bela desse mundo, apesar de todos os sofrimentos que as vezes temos pela frente,
e que esses problemas, só nos fazem perceber o quanto nós somos forte para enfrentalos..
e que decepção não mata ninguém, pelo ao contrário nos ensina a viver, nos deixando mais espertas..
que pra uma cobra te picar, você tem que mecher com ela..
que as pessoas não puras, então sempre devemos ficar ligadas mesmo com toda aquela confiança,
porque na verdade, elas são seres humanos e seres humanos.. tendem a errar, como eu, como você, como todos nós..
e errar mais de uma vez não é burrice não, é porque na verdade na primeira queda você não estava forte o bastante p. levantar..
e que se amarmos alguém, temos que nos amar primeiro, sempre reconhecendo os nossos principios..
e que nunca devemos deixar o nosso sonho, nosso plano de lado, pelo fato de termos medo de escutar um não,
porque as vezes é preciso uma rejeição p. cair na real, para sermos melhores do que somos..
e nunca, mais nunca devemos nos comparar a ninguém, porque ninguém é melhor que ninguém.. e se quisermos ser melhor,
temos que ser melhor que nós mesmos, sempre procurando o melhor dentro da gente e não nos outros..
é, você aprende também.. que todas essas suas paixões na sua juventude são passageiras, marcantes ? talvez sim.
e as vezes não damos um devido valor aquelas pessoas que sempre estão ali, ao nosso lado, as vezes não a reconhecemos,
e quando vamos ver ?! já é tarde demais. mas entenda, que para o amor.. nunca é tarde demais..
porque apesar do orgulho, da decepção, do sofrimento.. o coração sempre fala mais alto..
e você nunca vai ser otária amando, otários são aqueles que não amam.. porque me diz: o que é a vida sem o amor ?
seja ele qual for, não digo só de homem e mulher.. pois existem vários e vários tipos de amar!
e tenho certeza, que cada um de nós amamos alguma coisa, alguém..
aprendemos também, que não é certo julgar ninguém, pois não somos dignos, limpos o bastante p. apontar o dedo na cara,
de qualquer um e sair falando o que bem entender.. pois como disse, errar é humano.
e quem fala o que quer, ouve o que não quer, e que as brigas, violência, barracos, não levam em nada e que a conversa é a melhor coisa,
fora isso, deprezo!
o silêncio é um ótimo remédio, mas também usado de forma errada pode causar efeito contrário..
e que se queremos o respeito de alguém, temos que respeitar..
que o mundo, é feito de diferença, também qual seria a graça de sermos todos iguais ?
que a base de um relacionamento: é a confiança, sem ela não existe..
aprende também, que mulher é uma especie muito complicada, nunca sabe o que quer, o que gosta e o que vai fazer..
mas que os homens, são os mais cachorros e mais adorados, a nossa raça preferida..
e que sempre estamos trocando, tentando adestra-los, as vezes conseguimos, as vezes não..
e que essa história de "para sempre", não existe e qualquer relacionamento, qualquer coisa pode acabar num piscar de olhos..
e que pô, temos só uma vida, e ela não volta atrás, não tem pause, nem stop.. então temos que curtir cada momento, com toda intensidade..
e sempre lembrando, que só podemos nos arrepender daquilo que não fizemos..
porque o que fizemos, já tá feito.. não tem como mudar. ;)

Inserida por rafaella.longo