Mprado: Sei que Muitas vezes Tornamos-nos nuvens...

Sei que
Muitas vezes
Tornamos-nos nuvens
Sem sol
E apagamos o nosso brilho
E nem percebemos
Que nossas vidas
São como notas musicais
De uma bela canção
Cantadas e tocadas
Por Anjos
Muitas vezes
Tornamos-nos espinhos
Da nossa própria afinidade
Muitas vezes
Esquecemos de olhar
Para o nosso espelho
E seguimos o caminho contrário
O qual a nossa etnia
É constituída.
Porém
Somos todos
Absorvedores de idéias
As quais nos tornam
Aprendizes
De nós mesmos
Pois quando deixamos o egoísmo
De lado
Só temos a ganhar
A excelência do premio
Nobel da paz.
Kako/12/04/08

Inserida por mprado