Ducarmo de Assis: AMOR IMPOSSÍVEL. Hoje e todos os dias a...

AMOR IMPOSSÍVEL.
Hoje e todos os dias a tristeza me sufoca, a solidão me atinge...
Penso em ficar contigo, mas o que fazer! deste amor impossível, ficas longe e eu na saudade me pergunto por que só agora nos encontramos? Por que só agora descobrimos este grande amor? Esta paixão onde nenhum dos dois pode se entregar inteiramente.
Será tarde de mais? Por que estais a dividir este amor em outros braços. Oh! que sofrer
que saudades de você.
As vezes arrependo-me por te amar de mais! e sinto que também me amas... mas entregas este amor também em outros braços, enquanto fico aqui à esperar as sobras deste amor que me enlouquece, satisfazendo-me com simples palavras enquanto meu desejo era está contigo e entregar-me a este amor proibido.
Passo horas acordada lembrando dos pequenos momentos que ficamos juntos e da imensa saudade que sinto por não está ao teu lado. Sinto-me escrava deste impossível amor, que mata-me de tanta DOR.

Inserida por ducarmodeassis