Wesley Rodrigues Correia: Solidão Derrepentemente me sinto tão...

Solidão


Derrepentemente me sinto tão só
Inesperadamente o mundo me deixa só
Inexplicavelmente eu fico só,
Sozinho no mundo de ninguém
Aflito e perdido, procurando uma saída neste vasto e curioso labirinto.
Grito, choro e dou um riso, mas ainda continuo tão só.
Ando vagamente sem pensar que tenho mente.
Caio, levanto, assusto e bato com a cara no muro.Onde será que eu estou? Devo ainda está escondido ou perdido? Onde ninguém pode me achar e me buscar! Pelo menos eu ainda vivo...

Inserida por aierroc