Deborah Garcia: A CONFUSA VIDA DE UM SER HUMANO É...

A CONFUSA VIDA DE UM SER HUMANO


É difícil viver em um mundo como este, pela qual passamos por grandes sofrimentos, grandes quedas e tombos, que muitas vezes causam cicatrizes incuráveis.
Assim é o coração, impossível de ser compreendido e remendado. Quantas vezes tentamos nos esquivar de um sentimento que ao invés de trazer, paz, felicidade e alegria, trás apenas dor, sofrimento e tristeza?.
Por que temos que sofrer por amar alguém?. Por que o amor não correspondido é como um labirinto escuro e sem direção que causa cada vez mais desespero, à medida que vamos caminhando mais e mais?.
Quando se poderá amar com a exata intensidade e certeza de que algum dia esse sentimento será correspondido?
Meu amor por você é doentio e impassível, que compromete meu coração a cada dia por não saber como expressar, falar ou intensificar a dor expressada em meus olhos, por simples medo de errar.
Você, talvez, não seja a pessoa ideal pra mim, mas meu pobre e ingênuo coração te ama loucamente na esperança de que algum dia você sinta o que ele sente por você a cada noite em que se debulha em lágrimas profundas.

Não sei até quando vou agüentar sofrer em silêncio, mas sei que um dia eu vou olhar pra trás e ter a certeza de que valeu a pena ter te amado, pois consegui caminhar por essa vida com a convicção de que você foi importante pra me fazer se tornar a pessoa que sou hoje.
E hoje eu te digo: Apesar de talvez você nunca saber o quão profundo são meus sentimentos, eu tenho certeza de que ninguém, absolutamente ninguém vai te amar do jeito que eu te amo.

Meus olhos não derramam mais lágrima alguma, pois simplesmente estão convictos de que elas não vão te trazer para perto de mim, mas meu coração chora, dói e se parte a toda noite em que eu percebo que mais um dia se foi com uma intensidade de dor mais forte, de não saber como te esquecer.

Desisti de você não por não te amar mais, mas por não ter mais condições de sofrer.
Desculpa se meu coração é ingênuo o suficiente para achar que possa ser correspondido, mas o amor é cego e a loucura o acompanha.

Inserida por Debbymsn