Com INES VIANA: Entrevista Como reagiu ao ver teatro...

Entrevista

Como reagiu ao ver teatro pela primeira vez?

Botava a mão na boca para não rir alto e não atrapalhar aquele pessoal que brincava no palco. Tinha 10 anos e a peça era O fado e a sina de Mateus e Catirina.

O que levou à carreira?

Não sei… Eu queria ser agrônoma.

O que a mantém nela?

Principalmente, os amigos.

O pior espetáculo?

Aquele em que, no meio, você começa a fazer a lista do supermercado.

Atriz?

Laura Cardoso.

Ator?

Júlio Adrião.

Diretor?

Guilherme Piva.

Quando precisou improvisar no palco?

Sempre improviso.

A melhor platéia?

A de R$ 1. Apesar de continuar achando que o complemento da bilheteria deveria ser pago pela Prefeitura.

A pior?

A que, mesmo podendo pagar, não vai ao teatro.

Espetáculo inesquecível?

Ensaio nº 2: o pintor, de Bia Lessa

Quando o teatro vibra?

Quando a maioria ri junto.

Quando é chato?

Fico num mau-humor…

O que é transitório e permanente no palco?

O medo e a busca.

Qual o verdadeiro jogo de cena?

Quando o público acredita que aquilo que você diz ou faz de mentira é de verdade.

Como o teatro se faz possível na atualidade?

Com muita vontade e criatividade. E também mantendo o olhar contemporâneo sobre qualquer texto, de qualquer época.

Fotos: Google Imagem - Cred

Nota da redação: O www.slcomunicacao.com pede desculpas a quem nos acessa. A matéria acima diz que a atriz da entrevista é a garota-propaganda da Vitarella, Cláudia Ventura. ERRAMOS. A entrevistada é Inês Viana, que apesar de parecida, não é a garota-propaganda da Vitarella. Valeu, portanto, já que Inês Viana está com a peça “A Mulher que escreveu a Bíblia”, em cartaz no Shopping da Gávea, no Rio, onde faz sucesso absoluto. Esclarecido, portanto, o equivoco.

Inserida por AtrizS2Will