GILSON ALVES: Quem sabe alguém sabe... Procuramos...

Quem sabe alguém sabe...

Procuramos respostas a todo o momento para várias perguntas da vida, e quando não as encontramos logo nos vem àquela dúvida reconfortante do instante, que na verdade não conforta nada e deixa mais dúvidas no ar... Quem sabe isso...? Quem sabe aquilo...? Trocando em miúdos, o “quem sabe” é cheio de enigmas que nos remete às vezes aos mistérios, e em outros casos, serve para dar ponto final em alguma questão que promoveu o debate, é como se chegássemos à solução real do problema. Podemos dizer então, que ele é a pergunta da própria resposta... Parece mesmo, meio conflitante nos pensamentos das pessoas.
Quem sabe se o ovo veio antes da galinha? Quem sabe...?
Quem sabe se existe vida em outros planetas? Quem sabe...?
Quem sabe amar? Quem sabe...?
Quem sabe perder? Quem sabe...?
O quem sabe se aplica em tudo e para tudo... Essa expressão até parece “bode expiatório” das questões da vida. Pelo menos os “quem sabes” tentam resolver alguns problemas, enquanto outras expressões tentam complicar e esconder o que é evidente em situações simples, como se fossem aquele personagem do Deputado da Praça.
Quando estamos em meio a tantas dúvidas amorosas, o quem sabe, sempre vem seguido do tempo para amenizar o sofrimento, acabamos dizendo... Ah! Quem sabe o tempo possa tirar essa angústia...? Quem sabe o tempo não possa trazer-me a felicidade...? Então, o quem sabe se torna um aliado do tempo para juntos trazerem uma resposta a tantas perguntas que são feitas quando se está amando. Porém, o quem sabe, não pode afirmar com certeza, a nada das questões onde ele é aplicado, nem explica o ter, e nem o poder de algo... Como diz a letra da canção: “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”. Portanto, o quem sabe realmente traz consigo o tempo, e se o quem sabe faz à hora vamos tentar saber, para fazermos acontecer sem esperar de braços cruzados as respostas que ele trará...
Talvez muitos não concordem comigo, pois quem sabe tenham bons motivos para isso, ou quem sabe não tenham nenhum, somente não concorda e pronto!
Portanto, deixo aqui minha humilde opinião... Agora fala quem sabe... E quem não sabe, quem sabe um dia saberá.

Inserida por KALMALONY