Ina: Para a ( filha da Fenix) Agora a menina...

Para a ( filha da Fenix)
Agora a menina anda descalça,
como pisando em algodão
serão nuvens ou sera o chão?
agora os olhos abrem-se em pura luz
ja não existe a neblina do tempo a turva-los
e tudo ficou tão claro
agora as pernas retomaram a força da
infância
e correm ligeiras entre flores e passaros
agora a face volta a sentir o frescor
da brisa da manhã
e os cabelo soltos dançam, dançam , dançam
com se ouvissem a mais linda melodia
agora o corpo paira leve sobre o mundo
agora ja não há dor nem aflição
e em seu rosto ilumina-se um sorriso inteiro
e ela olha-se no espelho mágico da vida
como esta linda, como nunca antes percebera
agora esta onde nem em sonhos imaginou
e é quente o sol, e é leve a brisa
faz-se sem sentido qualquer tristeza
que razão teria para sentir-me amuado
se agora em vez de mim
ela caminha com Deus a seu lado...

Inserida por Linda