Augusto Cesar Malheiros: O ÚLTIMO AMOR ! As pessoas vivem...

O ÚLTIMO AMOR !

As pessoas vivem lembrando com saudades do primeiro amor.
Sabe... eu faço uma reflexão mais apurada neste aspecto, a gente só sente o gosto das coisas quando está mais relaxado, tranquilo, receptivo aos acontecimentos que nos rodeiam... e pensando por aí, tenho a convicção que a vida só vale a pena se a gente compartilhar a essência das coisas,
mas... compartilhar com um amor que não nos sufoque,
que respire junto com a gente,
onde se ame e possamos nos sentir amados,
tendo a percepção do amor recíproco,
da paixão avassaladora,
o verdadeiro amor não nos obriga a atitudes e nos faz sentir vivos, dando a vontade de querermos viver o momento mágico agora... e depois, e depois, e... depois
o verdadeiro amor não cobra atitudes do outro, e sim comunga delas com o outro...
É por isso que... ao invés de lembrar do primeiro amor, que desperta sensações passageiras da descoberta, prefiro lembrar sempre do último...que nunca cobrou nada, apenas o amor... por amor !
o último amor é para sempre...

(Gustcho)

Inserida por Gustcho