Carlos Correia: O encontro Não te conhecia, mas de...

O encontro

Não te conhecia, mas de você já sentia saudade
Queria vê-la, tê-la em meus braços, essa era minha vontade.

Imaginava-me ao seu lado, feliz, realizado
Um homem completo com a mais linda e maravilhosa mulher.

Queria tanto tocar em suas mãos, sentir sua pele, sua maciez, seu cheiro
E contar o que nos unu ao mundo inteiro.

Um homem e uma mulher quando Deus os aproxima
Quando os tira de mundos tão distantes e diferentes, Os atrai, cria um clima.

Faz nascer dentro deles uma única emoção que mexe com os corações e as mentes
Assim somos eu e você O Pai do Céu permitiu que eu a visse e jamais desistisse de tê-la sempre.

Tive a certeza de que era você, era você quem eu esperava
Tantos anos aguardando a minha benção chegar
Muitas lágrimas, orações e clamores por esse tempo a esperar.

Finalmente eu conheci o meu amor
Olho vc como se já a conhecesse a longos anos
Quantos sonhos, quantos planos!

Queria tanto te falar o que sinto
Abrir meu coração e revelar toda a minha inteira euforia
e quanto a isso eu nao minto!

Contive-me. Segurei o quanto pude.
Procurei disfarçar e esconder
Senti medo. Medo de você não me corresponder.
De amar e não ser amado. E a sofrer ser condenado.

Foi quando fechava meus olhos me esquivando.
Que vi você me olhando.

O tempo parece que parou.
O universo criado por nós se revelou.

Estendi a minha mão e a você eu toquei.
Sua pele na minha pele. Sua mão na minha mão.
Jamais esquecerei essa sensação.

Houve um encaixe perfeito.
Um para o outro feito.
Aguardando apenas o momento de encontro.
A hora em que a celestial conspiração declarasse pronto.

Chegou o tempo certo, de mais perto, lado a lado caminhamos.
De realizarmos o que esteve sempre nos sonhos meus.
Vivermos um para o outro e ambos para a glória de Deus.


Te amo minha linda flor!!!

Inserida por carloscorreia