Mateo Alemán: Nós, os pobres, somos como o algarismo...

Nós, os pobres, somos como o algarismo zero, que por si só nada vale e faz valer a cifra que a ele se junta - tanto mais quanto mais zeros lhe forem acrescentados.

Inserida por agf