Bárbara perfeitinha: quem sou Não me espere Perderá seu...

quem sou

Não me espere
Perderá seu tempo
Chegarei quando quiser
Quem falou que existo?
A que você relacionou meu Eu?

Pense...
Sou apenas um produto
De seus anseios
Carências
Angústias
Decepções

Não me procure
Não estou a venda
Não fui inventado
Não é possível me pagar
Não sou moeda de troca

Pense...
Apenas sentirá minha presença
Nas gotas de suor frio na testa
Na lassidão que prende o corpo
No receio de abrir os olhos ao acordar
No arrepio da pele e da nuca

Sim
Sou o Amor
Aquele que invade a alma
Acelera corações
Impede a respiração
Toma de assalto vontades
Realiza sonhos
Transforma a vida
E te diz,
Estás Viva!

Inserida por eutem