Luiz Carlos Rodrigues dos Santos: A FLOR E O BEIJA-FLOR Sou beija-flor que...

A FLOR E O BEIJA-FLOR

Sou beija-flor que voa livre,
Pelos campos e jardins eu vou.
Vou beijar a flor que está triste,
Encanta-la com meu vôo.

Mas a flor inocente e bela,
Apaixona-se pelo beija-flor,
Pensando que ele é só dela,
Que não beija outra flor.

O beija-flor voa livre como o vento,
Beija todas as flores do caminho.
Deixa em cada uma teu encantamento,
Mas não se prende, pois gosta de ser sozinho.

Oh! Flor não fique triste
Mostra a tua beleza,
Beija-flor não se prende,
Mas se rende a tua nobreza.

Inserida por lulano