Danielle Araujo: Quem me roubou de mim? Me sinto roubada...

Quem me roubou de mim?
Me sinto roubada de mim mesma. Eu que sempre me amei incondicionalmente antes de qualquer outro ser, me sinto sem forças para amar, tenho vontade apenas de nada, de morar no infinito e de ver o mundo da sacada, de espirrar por causa da poeira cósmica, de voar sempre que quiser, de plantar estrelas no espaço e poder parar e vê-las crescer, sem mais. Sem ser esperada.

Inserida por Danielleinad