T . V.: O resto do perfume que guardei no frasco...

O resto do perfume que guardei no frasco
Me faz lembrar teu cheiro ...
No fim não precisamos agir como estranhos

A chuva que cai lá fora embaça o vidro da minha janela
Cala nosso riso
Calados ficaremos quando o sol chegar

Quando fizeres aquela mala será ruínas o meu mundo
Quando desceres aquela colina, estarei morto...
E levarás nos braços o fruto do nosso amor

Vá e nesse esse amor que ele te consuma dia apos dia
Que seja difícil negar a nossa melodia
Passe os dias sem se olhar no espelho
Diga que não sente
Que foi ilusão até
Tente esquecer quem foi e a quem pertenceu

Mas no fim não negues o ultimo beijo
E não retenha a ultima lagrima
Pois por mais triste que seja lembrar as imagens turvas dos nossos dias não foi num sonho que nos encontramos

Inserida por Tathyethal