T . V.: Lembrar de você é como um raio Ilumina...

Lembrar de você é como um raio
Ilumina e depois dói
Lembrar do teu beijo é como sede insaciável
por que nas despedidas sempre chove seja das nuvens
ou dos olhos
Não podemos fazer voltar a água que se foi
Nem os povos que passaram

Oh minha amada solta os teus cabelos
Que insiste em traze-los presos

Banhe-se nessa chuva e lembre
Da minha saudade
Da minha janela posso ver o amor escoando
Como água de chuva

Somos de uma solidão só eu e o meu coração

Mande pela chuva uma esperança
Que ela tenha teu cheiro, que me coloque nos braços e me bote pra dormir
Só assim terei paz

Inserida por Tathyethal