Luciene Costa: SOU ASSIM... SOU POETA Permito-me errar...

SOU ASSIM... SOU POETA

Permito-me errar
afinal quem é perfeito?trago na bagagem da vida
um embaranhado de palavras
rimas, versos e prosa
em meio a uma sociedade maldosa
que não para pra pensar
dou valor a coisas pequenas
para grandes conquistar.
nos meus versos mergulho meus anseios,
nos momentos bons ou ruins
não tenho receio
exprimo o prazer de recitar
ponho minha emoção na poesía
deixo me levar pela rima
na tristesa ou na alegria
se erro na ortografía
não estou a me emportar
afinal apenas o poeta
tem a liberdade de errar
lágrimas, risos, amor e paixões
exprime o ser dessa poeta
que expressa suas emoções
sou eu mesma
pois minha cópia não há
sou única no universo
isso me faz inspirar

SE ERRO OU SE ACERTO
SE TEMO OU SE DESEJO,
ISSO TUDO ME COMPLETA;
SOU SIMPLES,SOU ASSIM MESMO...
SOU POETA.

Inserida por lucienneluz