Breno kecio: Ao cair da noite, sozinho no meu quarto,...

Ao cair da noite,
sozinho no meu quarto,
olhando para o teu retrato,
a saudade é como uma espada que fateia meu coração.
Nas paredes reflexos de um passado que quero esqueçer,
esqueçer os dias em que brigamos, esqueçer o adeus.
Não quero mais acordar com o remorso de tê-la machucadoq
Quero sair desse castelo de dor,
encontrar em outro reino um lugar bom,
onde exista alguém que possa tirar-me desse sofrimento.
E caminhando na estrada da esperança, ao longe avisto uma garota, não consigo reconhecê-la, alguns respingos de chuva molham meu pálido, e de alguma forma faz-me sorrir.Sinto novamente teu cheiro.Ouço uma música,e sem notar aquela garota aproxima-se de mim, e ela diz-me baixinho:_"nunca te esqueci".Quando abro meus olhos uma lágrima surgi ao meu olhar, é a garora que eu amei.
E sem pensar a abraço, e com um beijo a digo: nunca mais vou ti fazer infeliz.E ao cair da noite, tudo transforma-se, a luz da escuridão revela duas pessoas que se amam.
É não adianta, mesmo que depois de brigarmos, vou sempre encontrar em ti,a minha paz, a cura de minhas chagas,o meu melhor lugar para viver.

Inserida por justin