Johann Goethe: Oh! não poder eu voar até você, meu...

Oh! não poder eu voar até você, meu bom amigo, e exprimir-lhe, com a minha emoção e torrentes de lágrimas, os sentimentos que agitam o meu coração! Sinto-me ofegante e procuro me acalmar.

Inserida por thewallace86