Eva Oliveira: SER OU NÃO SER Ninguém poderá dizer...

SER OU NÃO SER

Ninguém poderá dizer simplesmente que ser ou não ser, eis a questão. A questão é subjectiva, mais complicada do que possa parecer.
Pode parecer e não ser, pode ser e não parecer.
O Ser foi criado do Nada, do nada que poder-se-á dizer Tudo, pois de um todo surgiram as partes de um tudo que partiu do Nada.
Nada porquê? Nada, porque nunca se descortinou nada desse Nada que ainda hoje é um enigma.
Do Tudo, porque é um todo, a parte mais completa e complexa existente como obra perfeita, desígnio de Deus.
Baseados em tudo e em nada, partimos para o Ser, uma parte do Tudo e do Nada.
E o Ser e o não Ser passaram a ser simplesmente a parte do todo, Tudo e Nada.
Ser ou não Ser, poderá ter forma e ser, poderá não Ser pela forma que não apresenta, mesmo assim continuam a fazer parte do mesmo todo.
Do Nada surgiu a vida, o Ser, e o não Ser, e tudo acaba em nada tal como tudo surgiu.
A obra perfeita da criação, tanto o Ser como o não Ser, fazem parte da origem da vida.
O Criador, único SER e não SER, apogeu da inteligência e da perfeição, irradiou a sua magniloquência em todo o universo e os contrastes apareceram.
Da noite se fez o dia, da terra brotou água, do fogo brotou a vida. Por meditação sistematizou, criou e deu origem.
SER sapiente em psicognosia, pelo SER que é e sempre o vai ser, ao fazer surgir o Ser, já o SER tinha criado em Si. E o SER que em Si tinha criado, no SER passou a Ser.
Dotado o Ser de conhecimentos, e o não Ser de propriedades que lhe dão o Ser, deu graças o Ser, por saber que o SER e não SER, existe em tudo o que possa não ser e ser.
Cansado o Ser por já nada mais poder ser, já que tudo pôde ser, abandona-se ao nada que pode fazer. E Tudo volta ao princípio, porque do Nada tudo pode acontecer.

Do nada, NADA pode nascer
Mas se do nada, TUDO vier
Tudo pode acontecer
SER ou não SER
Só TUDO pode dizer
Se tudo não puder ser
Nada lhe pode valer

Inserida por fadaelfa