Paula Câmara Ferreira: Eu iria ate o fim do mundo Ate o inferno...

Eu iria ate o fim do mundo
Ate o inferno se preciso
Pra poder tocar teu rosto...
Talvez eu esteja a um passo
De perder a minha sanidade...
Toda a minha lucidez eu entreguei pra você...
Naquela tarde...
Que poderia ser a noite..
Poderíamos ficar la
Pra sempre...
Teu corpo não meu...
O que mais eu poderia desejar?!
Estávamos la..
Tudo explodia paixão...
Fogo...Nós...
Ainda somos dois...
Dois separados..Mas somos dois!
Agora a chama que arde dentro de mim
Queima...
Não mais esquenta...
Mais isso é ate você voltar..
Ate lá
Ainda te amo vou sempre te amar!

Inserida por Paxazinha