Paula Câmara Ferreira: Quando não temos escolha Quando a vida...

Quando não temos escolha
Quando a vida mostra certos caminhos
Que naquele momento parecia ser tão certo
O incerto machuca meu coração
Gosto de me aventurar
Mais não de me machucar
Como pude me enganar..
Logo eu..
Como se agora tivéssemos vendas nos olhos
Não enxergamos nada alem do escuro
Naquele tal quarto frio
Onde você se perde nas lembranças
Se afoga nas esperanças
Como eu posso fugir dessa prisão
Se estou aprisionada a mim mesma?
Fugindo de algo inexplicável
Você não saberia pra onde correr
Em que lugar se esconder
Então fugirei para o mar
Ou voarei ate o céu
Encontrar algo que jamais foi escondido
Ou procurado
Voar...
Sumir...
Se eu pudesse falar de tudo que esta aqui agora
Se eu pudesse apagar...
Não vou fugir, estou aqui se não gostou melhor ignorar...
Nada mais vai me parar!

Inserida por Paxazinha